Voltei!

Depois de um ano sem aparecer por aqui, voltei, vou fazer um esforço para ser mais assídua por estas bandas.

As manualidades estão paraditas, no entanto em 2012 li bastante e visitei imensos blogues de livros.

A família aumentou, temos uma gata a Dona Mimi que veio fazer companhia à nossa Kikas.

As amigas Kikas e Mimi

O Tomé tem “investido” no BTT e claro já pegou o “vicio” ao Francisco.

Francisco com o pessoal do Dar ao Ped@l

Até amanhã.

Bjs

 

 

Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um excerto:

Um comboio do metropolitano de Nova Iorque transporta 1.200 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 7.900 vezes em 2011. Se fosse um comboio, eram precisas 7 viagens para que toda gente o visitasse.

Clique aqui para ver o relatório completo

CADERNOS DE LANZAROTE….

Olá,

Não sou fã da escrita de José Saramago, nosso Prémio Nobel.

Confesso que só li um pequeno livro dele – “O ano da Morte de Ricardo Reis”.

Mas quando li este excerto de um livro dele não resisti a partilha-lo com vocês. Leiam esta delicia… e como está adequado ao momento de crise que atravessamos.

«Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa, privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos. E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas privadas, mediante concurso internacional. Aí se encontra a salvação
do mundo… e, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.»

José Saramago – Cadernos de Lanzarote – Diário III – pag. 148

23 September, 2011 09:46

REVOLTA

Porque que quando pior estamos, só nos acontecem contratempos?

Fico cansada de lutar, de remar contra a maré negra!!!

Estamos a passar um momento “ligeiramente negro” nas nossas vidas, e por isso, fui há casa do Senhor pedir força, coragem pois já algum tempo que não O visitava e estava a sentir falta de estar com Ele.

Mas sabem o que aconteceu???

Pasmem-se, fui assaltada! Roubaram-me o porta-moedas!

Exactamente dentro da Igreja! Nem na oração somos respeitados.

Não tinha dinheiro, mas tinha todos os meus documentos, e do meu filhote.

Não levaram dinheiro mas vou gastar para tirar a documentação toda.

E os cartões de Multibanco? Também tinha alguns, mas sinceramente não me preocupam pois estamos no final do mês e o dinheiro é pouquíssimo.

Fiquei revoltada, triste e magoada não só por ser roubada, mas por ser dentro da Igreja, não há pudor, não há respeito, enfim !!!

Quando me apercebi fiquei apática e a tremer, e a pensar que ainda sorri para a puta que me roubou!!!!! Claro que mal saí e não vi rastos da vaca, liguei para o maridão, que já tem tantas preocupações naquela cabeça, ficou com mais uma e ainda me deu força e animo. Amo te cada dia mais, marido!

Ainda não fui á polícia, vou na hora de almoço, com a minha amiga Edite, pois ela é uma “mulher de armas” e eu estou de rastos só me apetece chorar e ir para casa!!!!

Dica para FECHAR SAQUINHOS

Olá,

Vi na net e achei interessante partilhar.

RECICLAGEM

– FECHAR SAQUINHOS –

GENIAL !!!!

Idéia para reciclar tampas de pet
Corte logo abaixo do gargalo usando tesoura, estilete ou outro cortador…

Passe o saco plástico por dentro do gargalo cortado….

Depois basta fechar com a tampa.
E pode usar nas embalagens de mantimentos, pães etc.

Divulguem… nosso planeta agradece!!!

Um homem inteligente falando das mulheres –

Um homem Inteligente Falando das Mulheres

O desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.

Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha ‘Salvem as Mulheres!’

Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:

Habitat

Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.

Alimentação correta

Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar.

Flores

Também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.

Respeite a natureza

Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação? Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso.

Não tolha a sua vaidade

É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, colecionar brincos, comprar muitossapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Entenda tudo isso e apóie.

Cérebro feminino não é um mito

Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Se você se cansou de colecionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

Não faça sombra sobre ela

Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar umbronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.

Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios.

Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.

É, meu amigo, se você acha que mulher é caro demais, vire gay.

Só tem mulher quem pode!

(Luiz Fernando Veríssimo)


Dr.Fernando Nobre

Olá,

Ontem domingo, dia 10 de Abril fui surpreendida pela notícia de que o Sr. Dr. Fernando Nobre, era cabeça de lista por Lisboa do PSD e candidato a presidente da Assembleia da Republica (2º cargo mais importante na nossa hierarquia!!!).

Li duas vezes a noticia não fosse ter compreendido mal!!!!

Veio-me á memoria umas frase “esta candidatura é da cidadania”; Não terei futuro no seio de qualquer partido, embora não prescinda da participação politica” e agora ISTO!!!!!

Tanto se perguntou, após as eleições, o que fará ele com cerca de 600 mil votos que obteve, ISTO!!!!

Sinto-me ultrajada pelo meu voto nas presidenciais, votei eu num homem que me inspirou confiança, que fundou a AMI (grande instituição de solidariedade social), que me parecia não ter compadrios nem ambição de poder, mas…. Afinal é igual aos outros que por aí há, que abundam na nossa classe politica.

Foi uma jogada arriscada por parte de Passos Coelho, mas se era para ganhar votos, enganou-se…. Tal como eu, muitos ficaram indignados.

Eu voto sempre desde os meus 18 anos, sou cidadã, sou responsável e como votar é um direito que adquirimos após o 25 de Abril (e que tantos lutaram por ele), eu voto sempre e nunca em branco, voto e posso em consciência, reivindicar por aquilo em que acredito.

Sr. Dr. Fernando Nobre sinto-me profundamente traída pelo senhor, pois fiz campanha por si junto de familiares e amigos, mas garanto-lhe que o meu voto não vai para si nem para o partido que o apoia.

Desculpem o desabafo.