Monthly Archives: Novembro 2011

CADERNOS DE LANZAROTE….

Olá,

Não sou fã da escrita de José Saramago, nosso Prémio Nobel.

Confesso que só li um pequeno livro dele – “O ano da Morte de Ricardo Reis”.

Mas quando li este excerto de um livro dele não resisti a partilha-lo com vocês. Leiam esta delicia… e como está adequado ao momento de crise que atravessamos.

«Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa, privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos. E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas privadas, mediante concurso internacional. Aí se encontra a salvação
do mundo… e, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.»

José Saramago – Cadernos de Lanzarote – Diário III – pag. 148

Anúncios